Usuário*
Senha *
Lembrar Me

    Para criar uma nova conta entre em contato com o administrador

Cujubim se mobiliza no dia 18 de maio Faça bonito – denunciar e prevenir

Cujubim se mobiliza no dia 18 de maio Faça bonito – denunciar e prevenir

Data da criação:

Cujubim se mobiliza no dia 18 de maio Faça bonito – denunciar e prevenir

A campanha "Faça Bonito" hoje está em todos os cantos do Brasil, sendo representada por uma Flor, simbolizando o cuidado e a proteção que devemos ter com as meninas e meninos do Brasil. A cada ano registra-se uma adesão maior de municípios na mobilização em torno do “18 de Maio” por meio de caminhadas, audiências públicas e debates nas escolas.

Em Cujubim uma grande mobilização foi realizada com uma programação envolvendo equipes da Secretaria de ação social, do CRAS e da educação. Foram realizadas palestras educativas e instrutivas sobre a importância do tema nas escolas. Segundo a secretária de ação social, Aline Munari, o objetivo é orientar as crianças sobre quais violências ela podem sofrer e principalmente a importância de denunciar ensinando os caminhos para se fazer.

A violência sexual praticada contra crianças e adolescentes envolve vários fatores de risco e vulnerabilidade quando se considera as relações de geração, de gênero, de raça/etnia, de orientação sexual, de classe social e de condições econômicas. Nessa violação, são estabelecidas relações diversas de poder, nas quais tanto pessoas e/ou redes utilizam crianças e adolescentes para satisfazerem seus desejos e fantasias sexuais e/ou obterem vantagens financeiras e lucros. Nesse contexto, a criança ou adolescente não é considerada sujeito de direitos, mas um ser despossuído de humanidade e de proteção.

O dia 18 de Maio é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro. Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

Encerrando as ações foi realizada no último sábado, 18/05, uma passeata com participação dos alunos e professores das escolas, da guarda mirim, do grupo da terceira idade e da equipe do CRAS. A passeata percorreu a avenida central de Cujubim e finalizou com encenação teatral sobre o tema na praça municipal.


 156, 

Prefeitura Municipal de Cujubim - RO

Município

Av. Condor, nº 2588 - Centro
Cujubim - RO | CEP 76864-000


(69)3582-2062 / 3582-2004.

prefeitura@cujubim.ro.gov.br


Horário de atendimento
         Segunda a sexta - 7h30 às 13h30